25 de junho de 2017

EVOLUÇÃO DE TRAÇOS

Ao longo de mais de 20 anos de criação, o personagem Mutum sofreu expressivas mudanças nos traços. Parte desta mudança se deu pela própria maturidade artística de seu autor. Afinal, Mutum foi criado quando Moisés Gonçalves contava com 12 anos de idade. Porém, outra parte se deu por motivos estéticos, visando conferir ao personagem um traço mais elegante e infantil.

Em 1994, o personagem se chamava "Zé Batuta" e seus traços lembravam um adolescente. O desenho era mais inexpressivo e esteticamente confuso. Dois gibis foram desenhados nesta época, com o personagem ainda nestes traços, mas jamais foram divulgados; apenas xerocados para serem doados a parentes e amigos próximos.

Foi em 1995 que o personagem, ainda com o nome Zé Batuta, passou a protagonizar as primeiras tirinhas de jornal, que eram publicadas na "Gazeta de Bebedouro", sempre aos sábados. O personagem já apresentava um traço mais infantil, aparentando uma criança de 7 a 8 anos. Mas sua arte-finalização era confusa, com traços por vezes muito grossos, que se mesclavam com outros traços e elementos do desenho e confundiam o leitor.

A partir de 1997, por questões pessoais diversas, as tirinhas foram descontinuadas. Somente em 2002, o personagem teve uma pequena atenção retomada pelo autor, com tirinhas novas. Foi nesta época que o personagem passou a ser chamado de Mutum, abandonando seu primeiro nome, Zé Batuta. Além disso, sofreu uma mudança significativa nos traços e uma expressiva melhoria na arte-final. No entanto, sua aparência ainda se distanciava do personagem atual, em especial pela curvinha na boca, o rosto mais oval e adereços, como a pulseirinha de metal no braço direito e bolsos na calça. As tirinhas desta época não chegaram a ser publicadas em jornais. Apenas num blog pessoal do autor: o mutumutum.blogspot.com, já extinto.

Em 2009, quando o autor, já formado, passou a buscar, através do personagem, algum renome no mercado de quadrinhos, Mutum foi novamente reformulado e suas tirinhas chegaram a ser publicadas em mais de 20 jornais espalhados pelo Brasil. Um blog foi criado para divulgar as tirinhas online: o universomutum.blogspot.com. Além disso, editoras como Kroton, Editora do Brasil, Moderna, Saraiva e Abril passaram a solicitar licenciamento de algumas tirinhas para publicação em livros didáticos. Ao que tudo indicava, o personagem trilhava um rumo certo. Porém, seu autor, por questões diversas (especialmente emprego), chegou a abandonar o personagem algumas vezes.

Em 2017, novamente visando o mercado de quadrinhos, o autor retomou o personagem para criação de novas tirinhas. O traço do personagem pouco mudou, de forma que não chegaria a valer como "evolução" (apenas maturidade artística). Mutum, desde sua criação, nunca contou com uma turma de amigos fixos (exceto o Topete, que já aparecia desde 1994, mas suas apresentações eram raras) e sua "atuação" era direcionada apenas às tirinhas de jornal. Essa situação mudou a partir de junho, de 2017, quando Mutum passou a contracenar com Topete, Toninho, Jaci e Laísa, especialmente nas Histórias em Quadrinhos. Ganhou até um irmão mais velho: Mutom. Nas tirinhas, porém, Mutum continuaria a ser o único protagonista, com raras aparições dos demais personagens.

evolução do personagem

Mutum e a evolução de traços 1994 a 2017